Cenas do Cotidiano II – Biscoito de Gergelim 

​Da série #CenasDoCotidiano:
Biscoito de Gergelim
Você sai da aula de cello, onde seu paifessor lhe arrancou o couro por ter sido descuidada ao estudar… lembra da crônica postada no dia anterior e pondera se vale a pena tentar colher mais material para uma nova crônica ou se sossega na escola e estuda mais um pouco até a hora de ir embora.
A gulodice:

-Você vai ter uma longa viagem pela frente, melhor comer algo antes de ir.
Você:

-Mas eu almocei duas vezes hoje! Com direito a um ronco na casa da madrinha! 
A gulodice:

-Mas quanto tempo faz desde a última refeição? Hein?
Você:

-É… até que faz um tempinho já…
A gulodice:

-E você tem uma looonga viagem pelae frente.
Você:

-Verdade…
Cedendo aos apelos da gulodice, você pára outra vez na carrocinha de comida árabe… Desta vez você não é  mais recebida só com os olhos grandes e expressivos, agora o olhar vem acompanhado de um sorriso largo e brilhante:
O vendedor:

-Oi!
Você (corando como se nunca tivesse comprado um salgado na vida!):

-Er… oi…
O vendedor:

-A esfiha de carne acabou, mas tem ainda quibe.
Você:

-Tem da de beringela? 
O vendedor:

-A de beringela acabou rápido hoje…
Você pergunta quais as que ainda têm.
O vendedor (com o mesmo falar manso, paciente e ponderado):

-A de frango está muito boa, eu comi hoje com molho de alho. Muito boa!
Você decide então aceitar a sugestão. Enquanto come silenciosamente e observa a carrocinha ser cercada de clientes. Escondida na lateral para os transeuntes não te arrastarem pelo violoncelo, você estuda cada detalhe e analisa cada gesto: O bom atendimento é um padrão, e a limpeza também, você conclui ao vê-lo abaixar-se e recolher a embalagem de um canudo que um senhor deixou cair.
Percebe também que você não é a única curiosa pelo charmoso invasor.   Em poucos minutos ele é cercado de mulheres apreciadoras de seus quitutes. E você continua escondida,  comendo silenciosamente.
Ele sutilmente se aproxima e avisa que o seu troco está em cima da bancada. 
A esfiha acaba, mas ainda tem metade da bebida no copo:

-Me vê a de espinafre, por favor?
Você continua no cantinho, silenciosa, acreditando piamente que vai conseguir se esconder com um violoncelo nas costas. 
A curiosidade:

-Pergunta pelo menos o nome, né, criatura?!?!
Você (já caçando um buraco pra se esconder)

-Tenho mesmo?
A curiosidade:

-Anda! Não custa nada!
Você  (corando até a alma!)

-Er… qual o seu nome?
O vendedor, apontando para os telefones da carrocinha, responde:

-Ali
Você termina de comer e procura uma lixeira mais vazia, e ao descartar o lixo na que já estava cheia, ele surge de mansinho ao seu lado e diz:

-Havia duas atrás de você. 
Você dá uma risada meio desconcertada, e olha para as caixinhas. Nesse momento, Ali chega mais perto e você sente o sangue subir e a perna dar uma bambeada, não sabe se fica ou se sai correndo, o rosto mais vermelho que tomate cereja (ainda bem que já é noite!). Ali puxa assunto:
-Então você faz música?
Corando como se nunca tivesse visto o vendedor antes:

-Sim!
-Sabe onde posso comprar um órgão? 
-Um piano?
-Não, um órgão. 
-Ah sim! Um órgão/teclado. Bom… na rua da Carioca tem diversas lojas. 
-Sim, na Carioca eu sei que tem, mas você conhece outro lugar?
-Eu poderia sondar com alguns colegas na Internet talvez.. 
A vontade de se esconder cresce, e você volta a estudar as caixinhas… Ali aponta as de esfiha, mas você realmente está curiosa pelo conteúdo diferente:
Ali:

-Biscoito de Gergelim. Você gosta? Conhece?
-Não…
Ali:

-Quer experimentar? 
Meneando a cabeça:

-Hmhum… pode ser…
(Interrompe a história porque está chegando em casa)
-Continua-

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s