Pé no Freio

Pára, moça! Pensa!

Não vês adiante o sinal vermelho piscando?

Deixa falar alto a consciência,

A sensatez que continua te alertando.

 

Freia! Te segura!

Cala teu coração!

Esta vozinha traiçoeira,

Não deixe-a falar mais alto que a razão.

 

Pára! Pára! Respira!

Já não viveste suficientes decepções?

Não te deixes, outra vez, levar

Por este turbilhão de emoções.

 

Eu sei que dói,

Mas é melhor assim.

Pois evitarás a tristeza que corrói

E te protegerás, te protegerás, sim.

 

Recua, não avances.

Para que não te venha outra vez a dor

De ver teus sonhos frustrados

E desperdiçado teu amor.

 

Freia, freia teu coração com vontade.

Não reveles teus sentimentos.

Quem sabe assim, por ventura, em algum momento

Ainda tenhas chance de encontrar alguma felicidade…

 

Clara Maria Cristina Borges de Medeiros

Itaboraí, 26 de Janeiro de 2016

meu-corac3a7c3a3o

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s