Chá das Cinco

Como quem espera por um milagre,
Assim espero por você em minha vida…
Você, a quem anseio amar com tal lealdade,
E servir-te de refúgio quando tudo parecer sem saída.

E, enquanto a vida passa ao meu redor,
Cá estou, perdida em pensamentos…
Na memória, uma canção em tom menor,
E o desejo de que tudo pare por um só momento…

E assim me deixo ficar,
Perdida em divagações…
Olhar vago…
Indefinido olhar…
À procura de um único amor,
Embebido em canções.

E assim, como quem espera por um milagre,
Espero alguém a quem amar por toda vida,
Com amor verdadeiro, intenso, e com tal profundidade,
Que nas tristezas seja fonte de alegria.

Clara Maria Cristina Borges de Medeiros
Rio de Janeiro, 18 de Outubro de 2007.

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s