Melancolia

 
Melancolia…
 
Para alguns essa palavra é sinônimo de tristeza profunda, para mim ela é sinônimo de inspiração… Isso não quer dizer que eu goste de ficar triste, mas quando estou melancólica, os sentimentos fluem como um rio e a inspiração chega trazendo uma aguçada sensibilidade que me permite enxergar todas as nuances de cores de cada nota das minhas músicas prediletas, e que me faz traduzir em versos todo esse universo de emoções que tenho em mim.
 
Como eu queria que as pessoas pudessem enxergar o mundo pelo prisma que eu vejo… Mesmo com tanta tristeza, às vezes aparentemente sem motivo, o meu mundo é tão bonito… Imagine a luminosidade dourada de um fim de tarde de outono, com um toque da beleza das montanhas irlandesas e a silhueta esguia das florestas européias… Agora tente sentir o aroma desse lugar só meu… Imagine-se percorrendo cada uma das minhas paisagens e veja suas cores através da música mais linda que vc já ouviu… Agora sinta tudo isso pulsando forte em seu coração e correndo pelas suas veias…
 
Agora pense no quanto é difícil compartilhar isso com alguém, uma vez q cada pessoa tem seu jeito próprio de ver as coisas e cada um tem o seu próprio universo dentro de si… Mesmo as pessoas q conviveram com vc a vida toda têm dificuldade para entender essa sensibilidade aflorada pela melancolia…
 
Melancolia… Aprendi a tolerá-la e fazer dela minha melhor amiga… Afinal, se minha sensibilidade faz de mim quem sou, a melancolia potencializa toda a minha arte com a inefabilidade de todo o meu sentimento. E é isso q faz de mim musicista, poetisa, desenhista, cantora, pintora, atriz… É isso q me faz sorrir qual criança quando ouço uma música q me faz cócegas na alma e faz meu coração brincar com todas as cores da música como num desenho animado…
 
Ah… Quisera eu q as pessoas pudessem ver o mundo pelo prisma q eu vejo… É tão bonito…
 
Queria que mais pessoas tivessem coragem de cantar quando se sentissem tristes, e que elas não se importassem se alguém estaria olhando com expressões zombeteiras, ou caçoando… Eu mesma queria voltar a cantar a plenos pulmões sem me preocupar em parecer louca… Foi-se o tempo em q cantar me valia mais do q me preocupar se há alguém ao meu lado zombando ou me olhando torto por eu estar cantando…
 
Às vezes me esqueço q sou adulta… Seria bom se eu pudesse simplesmente ignorar este fato… Assim não me condenaria tanto por ser como sou…
 
Nossa!!!… Como eu amo a música… Desde a mais divertida até a mais pungente e tocante… Sou feita de música. De sentimento. Sou feita de arte e de inspiração… Sou feita de melancolia.
 
Niterói, 16 de Setembro de 2008. 
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s