Uma Ligeira Reflexão sobre a Dança

A dança à luz da Bíblia.

 

Observando o contexto da referida passagem, pode-se observar um momento de grande alegria na casa de Israel pelo retorno do maior símbolo da Presença de Deus no meio do povo. Davi como o chefe de estado constituído por Deus sobre o povo israelita e, como sabemos, um dos personagens bíblicos de maior intimidade com Deus, certamente era, dentre todo o povo o mais feliz.

 

Ora, não se pode negar que a expressão corporal não pode ser dissociada de momentos de exultação. Qualquer ser humano, em condições de grande euforia dá saltos e rodopia, movendo seu corpo, às vezes em coreografia desordenada, mas nem por isso deixa de ser uma forma de bailado. Mesmo os animais da natureza têm seus movimentos ordenados, como se em determinadas épocas exibissem um verdadeiro balé diante do Criador.

 

Sendo a dança uma linguagem de comunicação de emoções através da expressão corporal, assim como a música o é através dos sons, por que haveria ela de ser algo abominável a Deus como muitos argumentam? Desta forma, o próprio Deus então não haveria criado a natureza com essa vasta gama de movimentos harmoniosos. Seja no vento que sopra a copa das árvores, fazendo-as balançar, seja na revoada de um bando de pássaros, vemos o movimento ordenado como uma coreografia pré-escrita, como um balé previamente programado. Se a natureza louva a Deus através dos movimentos, por que o homem não pode adorá-Lo da mesma maneira?

 

Alguns estudiosos argumentam que a dança geralmente é associada a rituais pagãos de fertilidade e deste modo, os movimentos geralmente fazem algum tipo de alusão à sensualidade, e que por esta razão a dança não deve ser praticada no culto. Mas eu pergunto, a vida em si já não é um culto constante a Deus? Os seres vivos, mesmo sem a racionalidade que a raça humana tem, reconhecem o poderio de quem os criou, e tudo fazem para a Sua glória. O único que pode distorcer toda esta estrutura é justamente o ser humano, alterando e denegrindo os objetivos e os valores de todas as coisas criadas por Deus. Portanto, se Deus não recebesse a dança como uma forma de adoração, Ele teria punido a Davi e não a sua esposa Mical, uma vez que esta não pôde gerar filhos até o dia de sua morte.

 

Toda arte e cultura foram criadas por Deus. O uso inadequado das mesmas não pode restringir o seu uso na adoração e no culto a Ele. Bem como tudo na vida, especialmente a inteligência dada ao homem. Todo ser humano é dotado de grande inteligência e compreensão do mundo, porém alguns os utilizam para o bem, e outros para o mal. A maneira como cada um presta o seu culto pessoal a Deus não cabe a ninguém julgar, senão a Ele mesmo, afinal, Ele é o público do espetáculo da vida.

Advertisements

2 Comments

  1. Olá Clara. Parabéns pelo seu espaço.
    Tocante e verdadeiro o que você diz no último parágrafo. Infelizmente poucos tem a visão de que dançamos para o próprio Deus e não para agitarmos ou emocionarmos as pessoas. mas um dia chegaremos lá!
    Beijos e até a próxima!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s